• Parada Literária

As melhores leituras de 2020

Atualizado: Mai 23

Lista dos livros mais impactantes e as melhores leituras que me marcaram durante o ano.


Contos Essenciais - Machado de Assis

> Uma maravilhosa coletânea de contos de Machado de Assis abrangendo toda sua obra contista, com notas de rodapé e prefácio do organizador. Uma jornada que com certeza entrou para as melhores leituras do ano.







O Cortiço - Aluísio Azevedo

> Clássico in-dis-pen-sá-vel. Como demorei tanto pra ler e só agora pude descobrir a grandiosidade desta obra! Que livro divertido, sensual, sério e necessário. Um livro que me arrebatou e que não conseguia parar de ler. Mereceu entrar na lista de melhores do ano.





Ciranda de Pedra - Lygia Fagundes Telles

> Leitura realizada no início de 2020, e que me marcou muito. Acompanhar a trajetória de Virgínia foi ao mesmo tempo sufocante e aliviador. Lygia contrói uma narrativa tão bela e envolvente que é impossível sairmos impune dela.




O Moleque Ricardo - José Lins do Rego

> Vou levar para sempre este moleque no coração. Esta leitura me arrancou lágrimas e entrou fácil para a lista de melhores do ano. Zé Lins foi um brilhante contador de histórias e sabe como nenhum outro emocionar o leitor. Leia resenha dele aqui.





O Meu Pé de Laranja Lima - José Mauro de Vasconcelos

> A história do doce menino Zezé que tive a imensa alegria de ler e, como acontece com a maioria, me emocionou e me fez chorar copiosamente. Este é um clássico brasileiro que todos devem ler.







Boca do Inferno - Otto Lara Resende

> Coletânea de contos de OLR que gerou críticas ferrenhas à época de sua publicação, mas que não passou despercebida por aqui. Leitura densa e por vezes repulsiva, mas igualmente incrível. Ninguém fica indiferente depois deste livro. Leia a resenha dele aqui.






TOP 5

Com Armas Sonolentas - Carola Saavedra

> A história de três mulheres ligadas entre si, e o leitor se vê diante de uma narrativa complexa, como fios soltos que vão sendo ligados e costurados.

Vozes silenciadas que num determinado momento dão seu grito libertador, e a nós cabe ouvi-lo. Não saímos indiferentes da leitura de Armas Sonolentas. Um livro incrivelmente belo e forte.


Unicelular - Tarsis Magellan

> No top 5 das melhores leituras está este livro, que me fez viajar e me tirou o fôlego. Melhor sci-fi brasileiro, sem sombra de dúvida. Leia a resenha completa dele aqui.






O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Brontë

> Personagens tão humanos e ambíguos como, afinal, todos nós somos. Ora amamos ardentemente, ora odiamos na mesma intensidade. Emily Brontë nos leva ao interior da Inglaterra, a caminhar pelas lindas charnecas em meio às montanhas, para conhecer alguns dos personagens mais marcantes da literatura. Um clássico atemporal. Leitura densa e inesquecível!





Morte Sul Peste Oeste - André Timm

> O autor André Timm nos apresenta uma história crua e sem floreios, mas não menos tocante. Não bastaria dizer apenas que o livro é incrível, porque ele é mais que isso: MSPO abarca uma série de questões que nos põe à prova a todo o momento: qual seria nossa reação no lugar dos protagonistas ou dos envolvidos, diante da injustiça e do preconceito?




E o troféu de melhor do ano vai para:

Torto Arado - Itamar Vieira Júnior

> Vencedor do prêmio Leya em 2018, e em 2020 dos prêmios Jabuti e Oceanos, Torto Arado é o grito que gostaríamos de dar. É a verdade cruel expressa em papel e tinta, devidamente documentada, escancarando o problema que muitos tentam tapar com a peneira. Um romance polifônico em que também ecoam as vozes dos nossos antepassados. Um livro doloroso, pungente, belo, verdadeiro e magistralmente bem escrito.



Menção Honrosa:

Os Donos do Inverno - Altair Martins

> Vencedor do prêmio Açorianos, Os Donos do Inverno merece mais do que uma menção honrosa: é o tipo de leitura que carrega o leitor para dentro do livro. Uma jornada inesquecível. Leia a resenha completa dele aqui.











49 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo